segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Somos o que somos?

"Até quando se martirizar para ser aceito?;
Até quando sangrar por não ser perfeito?;
Pra que sofrer se não tem mais jeito?;
Irá chorar pelo que não foi feito?
Os dias seguem vorazes;
Testando e aprovando os capazes;
Mantendo táticas eficazes;
De sempre espirrar os covardes.
Por isso pergunto,
Até quando;
Se vivemos cada vez menos em bando;
Se não vejo o inimigo recuando;
E vejo os meus se acabando!?
Me restou resistir, ficar e fazer;
Pois se eu existir, que irá acontecer?
E mesmo que eu falhe, poderei dizer;
Eu tava lá, mas não vi você."

Um comentário:

grazy disse...

Q satisfação!!! Sucesso....